O Quartzito Mont Blanc impressiona. Elegância e autenticidade aliadas à leveza de suas formas, atualmente encontradas no coração da Bahia, na Chapada Diamantina.

Há aproximadamente 1.4 bilhão de anos, predominava ali um clima semiárido, com paisagens repletas de dunas, lagos e rios que iam em direção ao mar. A ação dos ventos e das águas modelavam as dunas e carregavam as areias – compostas de grãos de quartzo

na cor leitosa – para dentro dos lagos. Estes, gradativamente eram soterrados, alterando a sua forma com o passar do tempo.

Eventos geológicos de grande magnitude, ao longo de milhões de anos, modificaram o arranjo dos minerais dessas rochas em um processo chamado de metamorfismo. Esse evento também fez percolar fluidos quentes enriquecidos em sílica que se cristalizaram em magníficos veios de quartzo que cruzam a rocha em diversas direções, criando desenhos únicos.

Grandes fenômenos geológicos imprimiram nas rochas a robustez e a durabilidade nos quartzitos Mont Blanc. Uma beleza inigualável, datada de milhões de anos.

O quartzito Mont Blanc possui amplo espectro de aplicações devido à baixa absorção e a composição rica em quartzo, que confere elevada dureza.

PISOS INTERNOS

PAREDES INTERNAS

BANCADAS DE COZINHA

TAMPOS DE MESA

BANHEIROS

REVESTIMENTO DE LAREIRAS

POLIDO

ESCOVADO

LEVIGADO

A caracterização tecnológica corresponde a um conjunto de ensaios que determinam as propriedades das rochas em ambiente de laboratório e são fundamentais para estabelecer os parâmetros tecnológicos dos materiais com a finalidade de indicar suas possibilidades de aplicação para diferentes projetos.

ANÁLISE PETROGRÁFICA
ABNT NBR 15845-1

Consiste na Classificação da rocha por meio da descrição macroscópica e microscópica de suas características, tais como
composição mineralógica, alteração, deformação e padrão de
microfissuramento.

DENSIDADE
APARENTE (kg/m3)
ABNT NBR 15845-2

Relação entre a massa e o volume aparente da rocha. Fornece o peso da rocha, sendo um importante parâmetro para o cálculo
de cargas em edificações.

ABSORÇÃO D'ÁGUA ( % )
ABNT NBR 15845-2

É a capacidade de assimilação ou incorporação de água pela rocha, expressa em percentual.

POROSIDADE APARENTE (%)
ABNT NBR 15845-2

É a relação entre o volume de vazios e o volume total da rocha expressa em percentual.

RESISTÊNCIA
À COMPRESSÃO (MPa)
ABNT NBR 15845-5

Tensão que provoca a ruptura da rocha quando submetida a esforços compressivos.

RESISTÊNCIA
À ABRASÃO (mm/m)
ABNT NBR 12042

ASTM C241
Determina o índice de desgaste por atrito de partícula com a superfície de uma placa de rocha.

RESISTÊNCIA
À FLEXÃO (MPa)
ABNT NBR 15845-7

Simula esforços flexores em placas de rocha, com espessura predeterminada, no caso simulando efeito do vento em placas fixadas em fachadas com ancoragens metálicas.

RESISTÊNCIA AO
MANCHAMENTO
ABNT NBR ISO 10545-14

Estabelece, sob o ponto de vista estético, a ação deletéria de agentes manchantes selecionados, de uso cotidiano doméstico
e/ou comercial , quando acidentalmente em contato com a rocha.

O quartzito Mont Blanc é uma rocha 100% natural. Suas propriedades refletem as condições do ambiente de formação de milhões de anos atrás. O sucesso na especificação depende do conhecimento dessas propriedades combinado ao desempenho que o ambiente de aplicação irá exigir.

ANÁLISE PETROGRÁFICA
ABNT NBR 15845-1

Quartzo (9 5 %),
Muscovita (5 %), Ap at it a,
Tu r m al i n a, Mi n er ai s
Opacos e Epidoto
(Traço)

DENSIDADE
APARENTE (kg/m3)
ABNT NBR 15845-2

0 , 1 6

ABSORÇÃO D'ÁGUA ( % )
ABNT NBR 15845-2

0 , 1 4

POROSIDADE APARENTE (%)
ABNT NBR 15845-2

0 , 4 1

RESISTÊNCIA
À COMPRESSÃO (MPa)
ABNT NBR 15845-5

1 9 6 , 3

RESISTÊNCIA
À ABRASÃO (mm/m)
ABNT NBR 12042
ASTM C241

5 1 , 4 9

RESISTÊNCIA
À FLEXÃO (MPa)
ABNT NBR 15845-7

2 2 , 8 9

RESISTÊNCIA AO
MANCHAMENTO
ABNT NBR ISO 10545-14

A LTA

Para manter a vivacidade e conservação da sua rocha natural, é necessário que alguns cuidados sejam tomados periodicamente, a fim de proporcionar uma vida útil ao seu revestimento

Recomendamos os seguintes cuidados básicos:

APLICAÇÃO PERIÓDICA DE HIDRORREPELENTES

Uma vez a cada 12 meses para áreas de uso esporádico.
Uma vez a cada 6 meses para áreas de uso intenso.

LIMPEZA DIÁRIA

Apenas detergentes neutros ou específicos para rochas naturais.
Recomenda-se o Basic Cleaner da Akemi e o Lem 3 da Bellinzoni.

CONTATO ACIDENTAL COM SUBST NCIA AS MANCHANTES

Nunca deixe substâncias manchantes por longos períodos sobre a superfície da
rocha. Absorva imediatamente com papel toalha e limpe a área com água e detergente neutro.

Newsletter Inscreva-se para ficar por dentro